Sangue De Barata

by Matheus Trunkle

Cinza ele seja
Talvez
Nojento também
Quem sabe

Embora poucos saibam
Da minha admiração
Por Franz
Acordo todos os dias
Vindo de noites de sonhos
Intranquilos
E não me tornei
Ainda
Um monstro

Talvez
Quem sabe
A metamorfose surja
De dentro para fora

A começar pelo sangue.

Advertisements